domingo, 7 de setembro de 2014

San Pedro de Atacama - Dia 2

Segundo dia! Começa a maratona de passeios...

Bora descobrir o que esse lugar tem de especial!

Acordei cedo e fui realizar um passeio para conhecer o povoado de Toconao. Bem “deserto” mesmo!



Porém com um detalhe que não tem como passar despercebido. Por onde você olha há um vulcão ao fundo! Tudooooo!

  
Povoado de Toconao

Friozinho gostoso, um solzinho pra dar aquela balanceada, igrejinha simples, mas cheia de energia, feita de pedras, bandeira do Chile dentro (quanto patriotismo!)... Lindo de se ver!


Foi uma manhã tranquila! Tranquila até demais!
Após conhecer esse povoado, que pelo jeito acorda tarde, vamos rumo ao Salar de Atacama.
Onde imaginamos que seja terra, na verdade é uma planície de sal.
Mas ainda não fiquei entusiasmada com o passeio, até ver pela primeira vez os Flamingos se refrescando nas pequenas partes onde tinha água. Que graça de animais! Sua cor no meio de um deserto de sal, com vulcões ao fundo, não tem fotografia que consiga definir! Pena que pelas revistas, há muito mais Flamingos do que vi no local. Tudo isso devido a extração de minério que está ocorrendo, creio eu, de forma descontrolada, a qual diminui as reservas de água. Ah o ser humano!!!

   
Flamingos!

Salar de Atacama

Após ter conhecido o Salar de Atacama, fomos no mesmo dia conhecer as Lagunas Altiplânicas.
Agora o frio começou a bater!

As lagunas encontram-se a aproximadamente 4.300 metros de altitude. Começa o frio e aquele cansaço que nos impede de ter mais energia.



Agora sim vi as paisagens que imaginava ver! Lagunas lindas, com os vulcões ao fundo, trazendo beleza aos nossos olhos!
Meu coração batia de tanta emoção ao ver tanta beleza concentrada em um único lugar!
Já começo a me empolgar cada vez mais com essa viagem!!!!


Por ser difícil de traduzir tudo o que vi, decidi deixar a cada trecho desse meu relato uma foto pra vocês terem um pouquinho de noção de tudo que eu falo! É beleza que não acaba mais!

Vai uma dica importante! Deixe esse passeio como um dos primeiros, pois o que está por vir é de perder o fôlego!